Aller à la page d'accueil. | Aller au contenu. | Aller à la navigation |

 
  • Oblação e os primeiros Votos
    Este sábado, 16 de julho de 2016, na festa da Nossa Senhora do Carmo quatro irmãs: Brigitte SUMINZI YAWAZA, Florença MBO NZAMBE, Judith MONINGA WEDIANU (República Democrática do Congo), Raïssa Constance KONOU (Centro-africana), pronunciarão sua Oblação e os primeiros Votos na capela da comunidade de Montngafula.
  • Abertura do Jubileu
    Dia 4 de Novembro de 2012, na Casa do Porto, estivemos reunidos, Irmãs, Filiados e alguns amigos para comemorarmos juntos os 125 anos de presença em Portugal, os 22 anos da Beatificação da nossa fundadora Luísa Teresa de Montaignac e as Bodas de Prata de Vida Religiosa das Irmãs Maria de Lurdes e Maria Guilhermina.
  • Páscoa
    Passagem da morte à vida com Jesus Cristo


 


 


 


 
Acções do Documento

Oblação

Dom total da pessoa, resposta de amor ao amor primeiro de Deus

"Não há senão uma Oblação, a de Jesus"

(Luísa Teresa de Montaignac)

« Progredi na caridade, segundo o exemplo de Cristo, que nos amou e por nós se entregou a Deus como oferenda e sacrifício de agradável odor» Ef. 5,2

chemin vrai.jpgchemin vrai.jpg

A Oblação é resposta de amor ao amor primeiro de Deus, revelado no Coração de Jesus. Ela é dom total de toda a pessoa a Deus. Manifesta a entrega profunda a Jesus Cristo. Vive-se na confiança filial e no dom radical de todo o nosso ser. 

Na fé entregamo-nos ao Coração de Jesus para que Ele viva em nós a vida filial de adoração, de reparação e de intereira disponibilidade à vontade do pai." Eis que venho para fazer a Vossa vontade"

bougies.jpg

 

"A imagem da vela que arde e se consome dando a sua luz, é para Luísa Teresa o síimbolo melhor da Oblaçao. Ela escreve ao Bispo, pedindo-lhe que reze por ela e pelas suas aigas: "Obtenha-nos a graça de sermos lampadas acesas que se consomem na Sua presença". No dia 1 de Setembro de 1859, ela faz seu o conselho que recebe du Padre Gautrelet: "A vela que arde, calma, recolhida, silenciosa no santuário lhe diz qual deve ser a nossa vida"

                                                                              Força da Fé p.128

A Oblação é o movimento que anima as nossas vidas e as renova em cada dia. Oblação: "Sim" a Deus e aos irmãos.

"Sim que nos compromete a trabalhar e a espalhar o Seu Amor no mundo, no nosso meio de vida, de trabalho, nas nossas familías...

"Sim" vivido na simplicidade de cada dia em união com Deus, "sim" que une os diferentes membros do Instituto.

"Mostrai ao mundo a alegria de pertencer a Deus" (Luísa Teresa de Montaignac).

A Oblação é Fonte de alegria e de liberdade interior. Verifica a qualidade da nossa fé e une-nos a Jesus Cristo que se ofereceu por amor.

 

Construido a partir do Evangelho de S. João, 15, 1-8